Sonhador

Esse meu coração teimoso insiste em alcançar as estrelas.
Estrelas? Queres justo as estrelas?
          "Sim, aquela mais radiante."
És mesmo um irremediável sonhador, não percebes o inatingível!?
Ah coração, meu coração...
 Bárbara Paloma

Leia também:

12 Comentários

  1. Muito bom, amiga.
    Os corações teem razões que a própria razão desconhece...
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não importa a argumentação que a razão faça, o coração não sede em sua teimosia. E nem mesmo ele sabe explicar tamanha fascinação.
      Abraços

      Excluir
  2. Sei como é isso que escreveste, Bárbara. Mas acredito que todos os que possuem coração também te compreenderão. Já guardei estrelas no bolso do coração, já reparti entre amores e amigos, mas, no fim, elas acabaram voltando para mim, como um presente real de Deus.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiveste uma interpretação diferente da minha quando escrevi, e a tua foi linda! É verdade que existem estrelas que podemos repartir, as quais, podem voltar a nós pelas mãos de quem as chama pelo nome. Foi belíssimo isso que escreveste!
      Também existem estrelas que guardamos em nós para nos iluminar. E existem as estrelas que desejamos, mas não alcançamos, pois são inatingíveis como as estrelas que vemos no céu. Nestas que pensava enquanto escrevia. Mas que sorte a nossa podermos nos alegrar com as primeiras, recebidas de volta pelas mãos de Deus!
      Um grande abraço!!

      Excluir
  3. Estrelas são inatingíveis. Pensa num troço desanimador, queria ter a sua coragem, mas eu sou terra toda vida, melhor catar uma manga no pé que tentar uma estrela. Catei uma vez uma manga tão grande que fiquei sem jantar. Fui criado dentro do fácil. Mas o que você escreveu foi bonito mil graus. Valeu. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, elas são inatingíveis. Mas o coração não percebe isso, e ainda que a razão prefira buscar o possível, ele continua teimoso. Adoro manga no pé, quando criança eu tinha um balanço em baixo da mangueira no sítio do meu avô, amava aquele lugar! Seria maravilhoso poder catar estrelas como mangas não é mesmo rsrsrs. Imagina que bonito... um balanço em baixo do um pé de estrelas?? Rsrs
      Grande abraço!

      Excluir
  4. É belíssimo, Bárbara, o que escreveste!
    Uma vez eu respondi a uma ouvinte que 'teimosia é questão de ponto de vista'. Se os sonhos de teu coração se defrontam com os argumentos limitadores da razão, quem será o teimoso? Normalmente, o coração leva a pecha. Mas os feitos mais extraordinários, a arte mais espetacular, os amores inimitáveis... - todos bebem dele, do sonho pelas estrelas inatingíveis! Eu deveria dizer, como professor de vida: 'deixa tais sonhos'. Mas devo dizer-te como quem tem a porta aberta para todos os sonhos possíveis e impossíveis: 'arrisca-te alguma vez, tempera tua vida com sonhos, adoça teus manjares com expectativas improváveis, porque há de ser que terás muito o que contar para quem só tem na vida as histórias fantásticas que pôde somente ouvir'. Un bacio, un abbraccio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho uma razão argumentativa, e um coração que é um irremediável sonhador. Mas, a minha razão, ainda que razão, é sensível, e gosta de repetir um poema do Mário Quintana que diz:

      Se as coisas são inatingíveis... ora!
      Não é motivo para não querê-las...
      Que tristes os caminhos, se não fora
      A presença distante das estrelas!

      E com esse poema (argumento) ela acaba justificando pra si mesma o fascínio do coração pelas estrelas, e diz "ah coração, meu coração..."
      Torno-me, então, uma irremediável sonhadora, com uma razão que usa argumentos poéticos. E meu querido coração continua amando as estrelas.
      Um terno abraço!

      Excluir
    2. É tremendamente bela essa quadra de Quintana. Mas tuas palavras são ainda mais belas. Poema por poema, teu ser é o mais belo poema. Un abbraccio

      Excluir
    3. Assim tu me deixas sem palavras. Obrigada!

      Excluir
  5. Para nosso coração não existe barreiras, queremos chegar no inalcançável, sonhar com as mais loucas peripécias.

    Beijos e bom final de semana

    http://mylife-rapha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O coração não conhece o inatingível, o improvavel,impossível... Ele conhece sonho, conhece desejo, o encanto. E não há argumento que o convença. Ainda bem não é mesmo?! Assim, ele acende algumas estrelas para embelezar o nosso céu.
      Grande abraço!

      Excluir

Fique a vontade para comentar...
Críticas são bem vindas, e elogios sempre serão.
Abraços...