E os meu olhos...

"[...]
E os meus olhos serenos, enigmáticos,
Meninos que na estrada andam perdidos,
Dolorosos, tristíssimos, extáticos,
São letras de poemas nunca lidos...
[...]"
Florbela Espanca

Leia também:

0 Comentários

Fique a vontade para comentar...
Críticas são bem vindas, e elogios sempre serão.
Abraços...