Sabiá

Hoje lembrei-me de uma canção que minha mãe cantava quando eu era pequena:

"Sabiá na gaiola fez um buraquinho,
Voou, voou, voou.
A menina que gostava tanto do bichinho,
Chorou, chorou, chorou.
Sabiá do poleiro foi cantar no abacateiro
E a menina pôs-se a chamar
Vem cá sabiá, vem cá...
Vem cá sabiá, vem cá..."

Não tinha gaiola, 
tenho aversão a elas.
Não tinha o poleiro, 
E nem mesmo o Sabiá.
Mas eu tinha o seu canto 
em minha janela... 
Seu bonito canto.
E a canção continua...

"A menina diz soluçando,
Sabiá estou te esperando.
Sabiá responde de lá...
Espera que eu vou voltar!
Espera que eu vou voltar!"

Vai mesmo?

Leia também:

9 Comentários

  1. Aí sua mãe cantava bem demais, eu tive uma sabiá mas ele finou-se, tava dormindo, caiu do galho. Olha aí tem um sabiá que ia voar para São Paulo esse feriado, cadê o bicho? Ou sei lá. Mas é linda a poesia quer dizer esse canto aí, mas eu cantava uma música parecida cai cai balão cai cai balão aqui nas minha mão não vou lá não vou lá não vou lá tenho medo de apanhá. Vai um beijo aí ou é só abraço mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa era a cantiga de ninar que mais gostava quando ela cantava.
      Conheço uns sabiás desse tipo... Aliás, um que se mudou para SP, e a última vez que voou pra cá foi há dois anos, desde então é só conversa!

      Tenho essa mania de mandar abraços,mas aceito beijos também! Rsrs
      Bom feriado pra você!

      Excluir
    2. Virges! Eu disse isso para uma menina da farmácia uma vez que ela não tinha troco e queria me dar pastilhas valda eu falei pastilhas valda é um inferno, mas eu aceito em beijos... Ganhei um na boca. Voltei na farmácia uns três dias seguidos, só com nota de cem, mas nunca mais encontrei a menina. Tinha um cidadão feioso no caixa e eu aceitei troco das pastilhas valda. Beijo

      Excluir
  2. Voltou, voltou...

    Veja "SABIA LÁ NA GAIOLA - Clip Infantil" no YouTube
    https://www.youtube.com/shared?ci=btrgBVn4Ufw

    Gostosa canção na memória feliz.

    Bom fim-de-semana, Amiga
    BJ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É essa a canção... Porém, a minha mãe cantava de forma mais melodiosa, uma canção de ninar tranquila.
      Lembrança tão boa.

      Um bom fim de semana a ti também!
      Abraços.

      Excluir
  3. É tão bom relembrar, nos aquece o coração. Me fez relembrar também de minha mãe cantando pra mim, guardamos o que é bom, num lugar- refúgio do coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembranças doces são um terno afago ao coração!
      Seja bem-vinda, fico feliz que meu texto tenha te levado à uma memória tão linda!
      Um abraço

      Excluir
  4. Há cânticos, há sons que permeiam nossas memórias de encantamento e saudade. Os sons não são principalmente o que eles produzem melodicamente, mas o que nos marca, o que nos transforma. É uma lembrança belíssima! Un abbraccio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens toda razão, e de todas canções que aprendi na infância, 'Sabiá na gaiola' foi a que mais me marcou. É essa canção que toca em minha memória quando me lembro do meu quartinho rosa com papel de parede de bailarinas e janela branca. Quando criança achava a canção triste, pois a menina perdeu seu passarinho, mas ainda assim a amava. Hoje vejo nela outro significado, sabiá passarinho, ou metáfora, não merece gaiola, merece céu, e se voltar é porque pertence, é porque ama.

      É essa uma das canções que vou cantar para os meus filhos, e dizer 'foi a sua avó quem me ensinou', imagina que bonito! rsrs

      Grande abraço!

      Excluir

Fique a vontade para comentar...
Críticas são bem vindas, e elogios sempre serão.
Abraços...