Leãozinho


Prima querida,

És minha amiga desde sempre, confidente (desde o primeiro coração partido), e futuramente, colega de profissão. O tempo tem passado rápido, lembra de quando eramos crianças e sempre nos vestíamos iguais? Você sempre me apresentava como sua prima, e quando perguntavam "por parte de quem?" a gente não sabia responder. Por parte de quem mesmo? Do coração oras! A gente deveria ter respondido assim. Meus pais são melhores amigos dos teus, o quê mais precisamos pra ser família? 
Sempre fui a prima mais velha que você respeitava, e você era o 'leãozinho' do cabelo loirinho que eu mais gostava. Crescemos não é verdade?! Bem, em termos de estatura, cresceste mais que eu, muito mais que eu. Mas é chegada a hora de crescer em termos de vida. 

Assusta ver a vida ter que tomar rumo, assim de repente, sem aviso prévio, sem manual de instruções. De uma hora para a outra nos vemos construindo nossa estrada, longe de tudo que até agora foi o nosso chão. De onde vem a força? Não sei. Mas ela vem, acredite em mim. Ela vive adormecida em nós, até que, um súbito vendaval surge e nos arranca de nossa casa, nos lançando em um mundo diferente. Parece o Mágico de Oz... mas é a vida mesmo, nos dizendo que é hora de construir nosso próprio caminho dourado. 
É normal sentir medo, insegurança, ter vontade de desistir, de voltar atrás... mas tudo isso deve permanecer sentimento, e nunca virar opção. As pedras que atrapalharem os seus passos devem ser atiradas para fora do caminho. Se forem pesadas, peça ajuda! Um homem de lata (com coração vale ressaltar) mora pertinho, e pode estar ao seu lado a qualquer momento, basta um grito da sacada, ou uma mensagem no whatsapp rsrs. Passei exatamente pelo mesmo mundo estranho, e sei um pouco dos atalhos, dos melhores caminhos, das dificuldades. Não só eu, mas muitos outros passaram ou estão a passar, sei que irás conseguir também. 

Teu sonho é parecido com o meu, e teu caminho lindamente brilhante. Sei que és destemida, que és um leãozinho cheio de coragem. Não perca nunca a fé!

 

Leia também:

2 Comentários

  1. Uma prima, uma amiga de infância, uma alma gêmea, uma confidente... como isso é agradável. Como é maravilhoso ter amizades assim! E como transbordas carinho e amizade em tuas palavras! É, minha querida, a vida vai desenrolando seus vastos caminhos, e a gente vai se descobrindo neles. Eles se diferenciam, nós nos diferenciamos, pouco se percebe de imediato. Quando percebemos o todo da mudança, é um susto.
    Deixa-me dizer-te: eras bochechudinha e linda! Que moça linda! Linda mesmo. Os olhos... O sorriso... A diferença de agora é simplesmente que não és mais bochechudinha.
    Un abbraccio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha prima é muito parecida comigo, quase uma irmã, a pessoa pra quem conto tudo, "desde o primeiro desamor". A minha Tia, mãe dela, quando viajamos juntos, ela nos apresenta como "meus filhos", já que tem o meu primo também, ciumento como se fosse meu irmão. Uma família, que nada tem de sangue, mas muito amor... É isso que importa não é mesmo?! E ela está passando por aquela fase complexa de sair de casa para estudar, senti que ela precisava desse meu "presente em palavras" de prima mais velha.
      Obrigada! "Carinha de lua" dizia minha mãe. Dizem que o sorriso mudou pouco, e que ainda faço o mesmo olhar um distraído.
      Terno abraço!

      Excluir

Fique a vontade para comentar...
Críticas são bem vindas, e elogios sempre serão.
Abraços...