Coração cansado

14 janeiro 2017

Deita aqui um pouco, vem....deixa teu coração descansar em meus braços. Se quiseres, até canto uma dessas canções meigas para ele adormecer mais rápido. E não precisa se preocupar, que eu prometo falar baixinho pra não acordar o teu amor cansado, enquanto espero tua noite passar.
Bárbara Paloma

10 comentários:

  1. Aí brincou. Um cafofo desses, tudo de macio, tudo de bom, com um abraço, uma garota cantando (desde que não tenha voz de taquara rachando), quem é que vai dormir, me diga? Ah, papai! Mineirinha, isso é pegadinha, não é não? Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Metáforas à parte... "Voz de taquara rachada" ri muito com essa! O coitado iria sair correndo pensa?!
      Abraço!

      Excluir
    2. Correndo num digo, dói no ouvido mas besta é quem usa tromba de elefante para conta gota. O máximo era o cara dizer eu amo tanto quando nos olhamos em silêncio, e tal... Mas sair do cafofo, papagaio! Abraço

      Excluir
  2. "um pouco mais de azul e seria (a)mar."
    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um coração se importa com o "amor" do outro, tende a cuidar, a zelar por esse amor, cansado, amedrontado talvez, e espera calmamente o outro amanhecer, pra ser. Gosto de usar o que me fascina pra descrever sentimentos que também me fascinam, o mar, um amanhecer, um céu estrelado. E sim, o amor é mar, é oceano... Com um pouquinho mais cor, poderíamos escreve-lo "azul", (a)mar!
      Abraços!

      Excluir
  3. É tudo tão suave, tão delicado, tão lindo de ler...toca a alma, parabéns! abraços, ania..

    Tenho outro blog, se quiser ir lá, ficarei contente.
    www.varandasazuis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Visitei teu outro blog, e me encantei (novamente), escreves de um forma tão meiga que não consegui ler apenas um ou dois rsrs.
      E sim, só um amor suave e delicado pode cuidar do amor cansado de outrem.
      Abraços!

      Excluir
  4. Os convites amorosos, com esse clima e cenário romântico serão, talvez, a melhor poesia de nossas vidas, de nossos relacionamentos. Adormecer nos braços da mulher amada, ao som da sua voz talvez não encontre concorrente entre os prazeres da vida. Mas, tomo por óbvio que o convite não há de impedir ou dificultar sequer que o inverso ocorra, e que sejam teus olhos castanhos que se fechem ao som do sussurro de uma melodia, ou da melodia de ouvires na voz de quem te ama o teu próprio nome. Un abbraccio, um bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho uma tendência a reler meus próprios escritos, e na noite passada reli este. Preciso te confessar que ao reler o que escrevi, o inverso foi exatamente o pedi aos céus. Não quis me repetir e escrever, ainda que em outros termos. Mas a verdade é que, meu coração é altruísta, mas também se cansa, também deseja o descanso em outro, um pouco de cuidado, um convite. Me deixaste de olhos marejados. Conheces a música "O porto" da Dois é par? Bem... Preciso desse porto "onde se encontram os abraços" para "ancorar em paz".
      É sempre bom tê-lo aqui Luc.
      Um abraço e um beijo!

      Excluir

Fique a vontade para comentar...
Críticas são bem vindas, e elogios sempre serão.
Abraços...

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS