Amor de gaiola

25 agosto 2016


O coração dela sempre teve asas, e também medo de voar. Até que um dia aquele passarinho aprendeu a abrir as trancas da gaiola, e voou. Fugiu do amor pequeno que o prendia, e ganhou a imensidão do céu.  Fugiu da frieza das grades que o cercavam, e ganhou o carinho quente do sol. Fugiu do pouco, ganhou o mundo.
Voa pra longe passarinho, voa alto coração!
Há de encontrar outro a voar também, e um ninho numa árvore bela. Porque do ninho pássaro também voa... E amor de gaiola tira a vontade de cantar.

9 comentários:

  1. Juro que fiquei preso no título "Amor de Gaiola". É legal, faz sentido. Mas "Gaiola vazia" seria bem legal. Pensei num legal "Voo Livre". "Amor sem gaiola". "Amor num ninho". "Amor de ninho". Aí parece que você namorou com o Denis, "amor deninho". Eu sou ruim disso, esquece.
    Sabe o que é legal, é que você transmite o voo. Como é que você faz isso heim? Quantos bim-bom já tocaram na sua casa depois dessa poesia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que não pensei muito no título, acho que no inconsciente, ou no silêncioso consciente, queria falar sobre o amor que fica para traz ao se alçar vôo, o tal do "amor de gaiola". Deve ser isso rsrs.
      Sobre transmitir o vôo, é que enquanto escrevia, eu voava!
      Quanto à campainha...ainda espero na sacada rsrs.
      Grande abraço meu amigo!

      Excluir
  2. Encantador, Bárbara. É um grande poema que finge ser um texto simples. Foi uma grande e sábia decisão do passarinho ter escolhido viver e amar a vida. E sábia decisão é decidir amar! Amando se encontra amor em troca.
    BEijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Sábia decisão é decidir amar, desprendido pra poder subir"...
      Gosto muito dessa música! E que alegria me trouxe seu comentário Jéssica! O passarinho se libertou de um amor que era gaiola para buscar um amor que é céu, e sim amando se encontra o amor!
      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Oi Barbara

    Vc escreve de um jeito tão delicioso de ler. Tive amor de gaiola, prende a gente e tira mesmo a vontade de cantar. E sabe o que mais? Nos acostuma...

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana! Seja bem vinda!
      Sim ele acostuma... E ai nunca transborda. Mas é possível abrir a porta e voar!
      Que bom que gostou. Espero que volte mais vezes.
      Abraços

      Excluir
  4. Passarinho voou e o coração também! <3

    ResponderExcluir
  5. O céu é mais belo que a gaiola! Que bom vc por aqui Gui!! <3

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar...
Críticas são bem vindas, e elogios sempre serão.
Abraços...

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS