21 de agosto

21 agosto 2016


Tá vendo aquela moça alí, das unhas pintadas de roxo? Hoje ela descobriu algo bonito, daquele tipo alegre de descoberta.
Hoje ela percebeu que seu coração é livre novamente. Que não carrega mais aquele encanto que tanto a desapontara.
Ela viu que era livre e notou que hoje aquele moço se tornou como um desconhecido que nada mais lhe causava. Nem se quer um pequeno estremecer do coração.
Ela soube que era livre quando olhou para o espaço vazio ao seu lado e o ser que ali surgiu em sua mente não tinha nada daquele olhar, aliás, poderia ser qualquer olhar, exceto aquele.
Era certo que o som daquele violino não a alcançava mais, é que hoje o coração da moça das unhas coloridas voava alto, voava longe, muito longe. Porque hoje ela era livre!
Quem sabe em sua liberdade ela não encontra outro coração voando por ai também...

Bárbara Paloma

3 comentários:

  1. Respostas
    1. Querido amigo falo muito sério...rsrs... O coração voa quando se liberta dos amores pequenos, e coração alto precisa encontrar corações que também voam alto, e só sendo livre para levantar vôo.
      Abraços..

      Excluir
  2. Fala muito sério e sorri... rs Entendi!... rsrsr Tomara que você encontre quem voe muito alto.

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar...
Críticas são bem vindas, e elogios sempre serão.
Abraços...

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS