27/10/15...

27 outubro 2015

Há exatamente um ano atrás escrevia sobre a chegada da hora de crescer. Agora eu quero falar sobre aprender a se descobrir e se definir, por que foi isso que vivi no último ano. Hoje eu vejo o quanto significa olhar pra dentro de si e tentar compreender o que se vê lá, o quanto significa não ter medo da poesia que existe em nós. Primeiro chega a hora de crescer, depois de aprender, e essa quando começa não tem prazo pra terminar, pois a cada dia surgem novas situações, novas pessoas em nossas vidas, novos sentimentos, pensamentos, enfim o aprender é contínuo e não tem data de validade.
Sou grata por mais esse ano que ganhei de presente, mais um  cheio de muitas mudanças, alegrias e boas lembranças. Um ano em que me aproximei mais de Deus, mais de mim e da poesia. E hoje eu só tenho a agradecer, e pedir que a próxima primavera seja cheia de aprendizados, de Deus, de quem me faz bem e de paz.
 E é claro muito juízo, afinal já são 21.

2 comentários:

  1. Que coisa bela fazeres 21 anos! É uma idade bela, bela, bela, muito bela! Que coisa bela teres essa mente, esse coração, essa visão, essa medida de tuas limitações, essa confiança de quem pode ajudar-te quanto a elas e quanto a tudo o mais! Que desejar-te?! Que sejas feliz, no mais pleno e profundo sentido desta palavra – felicidade! Que permaneças sensata, no mais seguro sentido da sensatez! Que milagres, surpresas, presentes e emoções te aconteçam, na ordem mais embaralhada possível, se é que ordem embaralhada exista ou se deseje! Que a vida te sorria em resposta de teu sorriso ou vice-versa! Que aprendas: canções, frases, entradas, saídas, a discernir e a escolher! E que ganhes muitos amigos, entre os quais, humildemente, sempre se achará um que te admira demais, que te vê puro coração e pura arte, e que não para de te ler. Parabéns!!! Beijosssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada Lucas!! Fico sem palavras ao ler-te. E muito feliz por ter achado em ti um amigo, o qual eu admiro imensamente. Que nossa arte e nossos corações transbordem sempre!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar...
Críticas são bem vindas, e elogios sempre serão.
Abraços...

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS