Sou uma desiludida...

13 julho 2015

Sou (...) uma desiludida cheia de ilusões, uma 
revoltada que aceita, sorridente, todo o mal da vida, uma indiferente a transbordar de ternura."

Florbela Espanca

2 comentários:

  1. Quem somos nós, senão esse paradoxo, essa constante contradição de sentimentos, essa necessidade de sobrevivência da vida como ela é, pelo que tentamos faze-la ser? Belíssimo trecho! Beijossssssss

    ResponderExcluir
  2. Florbela Espanca <3 Eu morro de amores.

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar...
Críticas são bem vindas, e elogios sempre serão.
Abraços...

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS